Felipe Landulpho Persiani

Novato
  • Total de itens

    4
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    2

Felipe Landulpho Persiani venceu a última vez em Fevereiro 17

Felipe Landulpho Persiani tinha o conteúdo mais apreciado!

Reputação

3 Neutro

Sobre Felipe Landulpho Persiani

  • Data de Nascimento 21-01-1992

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Gestão financeira é algo essencial para a administração do seu negócio. Fazer bem feito e da maneira correta trará os resultados esperados por você e toda sua equipe. Neste post, explicaremos o que é Gestão financeira e como fazer a administração das suas finanças. O que é? Trata dos assuntos voltados à administração das finanças das empresas e organizações. Como anda a saúde financeira da sua companhia? Onde estão concentrados os maiores investimentos? Quais são as maiores despesas? São perguntas que você deve fazer e ter a resposta na ponta da língua. Sem uma gestão financeira correta, seu negócio não cresce e fica insustentável, podendo chegar a falência. Como fazer? Saber como realizar a administração das finanças é primordial para o desenvolvimento e o crescimento do seu negócio. Por isso fique atento e preste atenção! 1º Planejamento financeiro Com ele ficará bem claro quais são sua metas, seus planos operacionais, seus prazos e seus projetos. Qual o objetivo disso? Investir sem comprometer o orçamento da organização. Como fazer? Matriz SWOT. O que é? Descubra as oportunidades e use suas forças para potencialização. Se necessário, melhores suas fraquezas para não perder essas oportunidades. Em contrapartida, você deve identificar também as ameaças, assim, verifique como suas forças podem te defender delas e quais fraquezas pode piorar o quadro. Oportunidades e ameaças são do ambiente externo, ou seja, não tem controle sobre. Ex: Alta do dólar prejudica nossa importação. Forças e fraquezas pertencem ao ambiente interno. Você controla e pode ajustar para aproveitar as ameaças e combater as fraquezas. 2º Fluxo de caixa Esta parte é fundamental no controle e gestão do seu caixa, afetando diretamente a Gestão Financeira. É possível visualizar as entradas e saídas de um determinado período. É por meio do fluxo de caixa que você conseguirá identificar o quanto seu negócio tem disponível para fazer novos investimentos e como estão suas dívidas. Ultrapassam sua receita? Com ele em ordem, é possível ter um controle financeiro efetivo. É importante atualizar com frequência seu fluxo de dinheiro, pois as informações presentes são fundamentais para o desenvolvimento da sua empresa. 3º Dívidas Algo de extrema relevância é que suas dívidas não ultrapassem suas receitas. Aprendendo a fazer sua gestão financeira é necessário que faça uma análise detalhada dos seus dados antes de qualquer aplicação. 4º Redução de custos Diminua os custos improdutivos, ou seja, gastos que não revertem em lucro para a empresa. Desperdícios podem ser posicionados como custos improdutivos, gerando despesas desnecessárias para seu empreendimento. Como identificar? Deve ser feita uma análise detalhada para ver todas as despesas para verificar os excessos. Assim você consegue analisar se podem ser excluídos, ou, pelo menos, ter uma redução. Como diminuir estes custos? Conheça sua empresa e a estrutura da mesma. Uma ótima opção atualmente é o Home Office. O colaborador trabalha de casa, sentindo-se mais motivado para bater as metas e conversa com a organização por meio de plataformas online. Além disso, o impacto maior será sentido ao final do mês, com a economia da energia, materiais de escritório e outros itens que se tornam dispensáveis. 5º Organização dos documentos Os documentos devem ser armazenados de maneira organizada e segura. Isso facilita na economia do tempo na busca pelas informações necessárias, deste modo você encontra os dados rapidamente. 6º Prioridades A área financeira demanda muitas tarefas, por isso, defina suas prioridades e classifique-a, assim, seu dia a dia ficará mais produtivo. Hoje em dia existem ferramentas que podem auxiliar na classificação das prioridades diárias, por exemplo, Trello. 7º Aprenda com seus erros É importante ter a consciência que você cometerá erros. É essencial não ficar desmotivado e você deve buscar soluções para resolver os problemas. Errar é humano, o mais importante é aprender com eles e solucioná-los. Encare os equívocos com naturalidade e como aprendizado. Entenda que passando por esse tipo de situação você está adquirindo experiência para lidar com isso. 8º Automatização dos processos Qual é sua função? Alinhar e padronizar os processos. Vai das atividades operacionais e do dia a dia de contas a pagar e receber, até a pesquisa de relatórios gerenciais. Benefícios da automatização - Padroniza os processos; - Organização das tarefas e atividades do setor; - Redução das etapas do processo; - Redução do tempo de realização; - Saber o tempo de duração do processo; - Elimina responsáveis que não precisam participar. Atenciosamente, Equipe AprendaDrop Créditos Felipe
  2. A leitura deveria ser algo rotineiro na vida das pessoas, pois os benefícios são muitos, seja na vida pessoal ou profissional. Por isso faça da leitura um hábito. Quantos livros você leu em 2019? Relembre e reflita se foi em boa quantidade, além da qualidade dos livros. Era conteúdo relevante e importante para suas pretensões e ambições? Um assunto bem discutido atualmente é gestão financeira, ou seja, como gerir seu dinheiro e investir de maneira assertiva. Pensando nisso, o AprendaDrop selecionou alguns bons livros para ajudar na sua empreitada. Fique ligado! Cinco livros sobre gestão financeira 1º Pai Rico, Pai Pobre, de Robert Kiyosaki e Sharon Lechter Robert Kiyosaki é empresário e investidor, no livro aborda as lições aprendidas com seu pai, que foi um empresário rico e de sucesso apenas com o ensino médio. O aprendizado foi algo determinante para que ele alcançasse tudo que conquistou na vida. O autor mostra como é fundamental ter inteligência financeira. 2º Saia da crise, de W. Edwards Deming Deming ensina lições valiosas sobre administração financeira. Apresenta sua teoria sobre os 14 pontos da gestão da qualidade, ou seja, questões administrativas que prometem mudar o modo como você lida com sua gestão. O autor destaca a importância do planejamento para um controle financeiro eficaz. 3º Vantagem competitiva das Nações, de Michael Porter Renomado escritor de administração com vários livros de leitura obrigatória. Ele explica quais são as influências financeiras que nos atingem diariamente na vida pessoal e profissional, por exemplo: taxas de juros e mercado de ações. Cita também quatro fatores que definem a competitividade de um país. Deste modo, ele mostra como os fatores podem ser adicionados à realidade das empresas. Leitura fundamental para um gestor ou diretor financeiro que necessita tomar decisões na organização. 4º Quem pensa enriquece, de Napoleon Hill O autor foi assessor de dois presidentes dos Estados Unidos. Além disso, foi contemporâneo de personagens importantes da história, como Henry Ford, Thomas Edson, Alexander Grand Bell e Theodore Roosevelt. Pesquisou quase 20 anos para escrever este livro. Listou 15 características em comum que os ricaços da sua época apresentavam. Clarifica em sua obra quais são os pontos chaves para o leitor atingir o mesmo sucesso. 5º Princípios da Administração financeira, de Lawrence Gitman Livro clássico para quem quer aprender a gerir seu dinheiro. Ajuda os profissionais a compreender os conceitos e técnicas da área. Traz detalhadamente a explicação dos tópicos de cada campo financeiro. Deixe um comentário se já leu alguns dos livros listados. Como foi a leitura? O que aprendeu e colocou na prática? Escreva os melhores livros sobre gestão financeira que você já leu. Boa leitura!
  3. A produtividade é um tema muito abordado nos dias atuais. A correria do dia a dia dificulta sua produção, seja no trabalho, vida pessoal e outras tarefas que devem ser realizadas. Felizmente, com o advento da tecnologia e seu avanço constante, hoje, existem meios que auxiliam na otimização do tempo e na produtividade. Confira cinco ferramentas! Trello É extremamente versátil e pode se ajustar conforme as necessidades do usuário. Pode ser usado por apenas uma pessoa ou para gerenciar um projeto ou equipe. Pode ser acessado por meio dos seguintes navegadores: Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari e Internet Explorer, sem necessidade de instalação. É gratuito, mas existem alguns recursos pagos (é possível utilizar o Trello sem pagar). Simples de manusear ajuda a organizar seus afazeres, por meio de quadros com listas e divididos em cartões. Evernote Através dele é possível criar notas, fazer anotações online, podendo ser de texto ou áudio, montar tabelas e outras funcionalidades que vão ajudar na produtividade diária. Ele substitui os blocos de notas e agendas, pois centraliza as informações que o usuário deseja lembrar. Além disso, os dados são armazenados na nuvem, gerando fácil acesso, facilidade no compartilhamento e melhor organização. Google Drive É um serviço de sincronização e armazenamento de arquivos. Nele é possível compartilhar os arquivos com seus amigos e colaboradores por meio de uma conta Google. Você decide com quer irá compartilhar e qual o nível de permissão para cada registro: quem pode visualizar, editar ou comentar. O serviço é gratuito Todoist É um aplicativo para gerenciar suas tarefas. Existem três planos: gratuito, premium e business. Gratuito – máximo de cinco pessoas por projeto, até 80 projetos, datas recorrentes, sub-tarefas e sub-projetos, datas recorrentes. Premium - Até 300 projetos, até 25 pessoas por projeto, lembretes, comentários e carregamento de arquivos, etiquetas e filtros e tendências de produtividade. Businees - Até 500 projetos, até 50 pessoas por projeto, caixa de entrada da equipe, Funções de administrador & membro, faturamento da equipe e prioridade no suporte. Hash Track Usa o Timesheet Online (é o sistema que controla as horas trabalhadas em cada atividade). Por meio dessa ferramenta você vai conseguir controlar suas horas trabalhadas de forma precisa, centralizar todas as informações, agilizar o processo de faturamento de projetos, ter acesso a informações estratégicas de gestão, capacidade de aumentar a produtividade da equipe, entre outras funções disponibilizadas. Faltou alguma ferramenta que já usou e não está na lista? Comente e fale um pouco sobre sua experiência com ela! Se já utilizou de alguma ferramenta listada, explique nos comentários como foi, se gostou ou não, maiores dificuldades. Não deixe de comentar!
  4. Não consegue ser produtivo no seu dia a dia e otimizar seu trabalho? Fique ligado em algumas dicas para melhorar sua produtividade no trabalho e em qualquer outra atividade diária. Algo fundamental é ser uma pessoa orientada ao resultado. O restante será pautado por estratégias, pensamentos e atitudes para manter o foco e atingir os resultados esperados. 1 – Planejamento do dia Faça isso na noite anterior. Gaste cinco minutos no planejamento do dia seguinte. Liste as coisas que irá fazer colocando sempre em ordem de prioridade. 2 – Tarefas mais difíceis em primeiro lugar Posicione as tarefas mais complicadas em primeira instancia, ou seja, que demandam mais tempo e trabalho. Deste modo, você vai eliminado do seu dia as atividades complicadas, ficando com uma agenda mais tranquila. 3 – Períodos de produtividade É essencial a identificação dos períodos em que você rende mais, pois isso varia de cada pessoa. Identificado, coloque as atividades mais complexas no tempo de maior produtividade. 4 – Uma coisa de cada vez Com nível de concentração em uma única tarefa, você consegue focar apenas nela e vai manter a qualidade sem a ocorrência de falhas no processo, gastando menos tempo. 5 – Prioridade no que deve ser feito Muitas vezes colocamos em nossas listas atividades que não são urgentes e estão listadas apenas por um desejo ou por ser algo agradável. Se isso acontece com você, remova essas responsabilidades. Sempre avalie se as coisas que faz diariamente, realmente, são importantes. Reflita sobre! 6 – Hábito de controle Faça da lista algo habitual, ou seja, que se torne comum, rotineiro. Durante o processo algumas tarefas urgentes podem surgir, acrescente em uma lista ao lado ou abaixo da atividade que está sendo feita. Crie uma lista adaptável, pois você pode adicionar os afazeres que vão surgindo. Normalmente são coisas de menor importância, mas é necessário, assim não se perde o foco. 7 – Sem adiar suas tarefas Não deixe para depois o que precisa ser feito agora. Isso gera um acúmulo de tarefas e gasta o seu tempo sem necessidade. Quando passar pela mente em “deixar para depois”, seja por preguiça, indisposição ou outra desculpa, lembre-se da quantidade de coisas que poderia ter feito se nunca deixasse para depois. 8 - Ferramentas de produtividade Com o advento da internet surgiram ferramentas, softwares e hardwares que ajudam as pessoas a serem mais produtivas. Use e abuse! Faça uma pesquisa na web e vai achar várias opções. 9 – Meditação Traz inúmeros benefícios para a sua vida pessoal e profissional. Limpa a mente, ajuda na ansiedade, melhora o sono, diminui a pressão arterial, fica mais presente, evitado a dispersão. Faça a meditação em um lugar reservado e silencioso, por 30 minutos. Coloque canções tranquilas (mantras) ou sons da natureza. 10 – Durma bem Um adulto deve dormir de 7 a 9 horas por noite. Já se perguntou sobre a qualidade do seu sono? Se não, pense e reflita sobre, pois uma noite bem dormida só traz benefícios para o seu dia. A falta de sono pode causar cansaço, lapsos de memória, irritabilidade entre outras reações que vão prejudica-lo nas tarefas do dia seguinte.